Skip to main content

JOVEM APRENDIZ 2018 | CAIXA ECONÔMICA INSCRIÇÃO

Neste ano de 2017 a caixa Econômica federal vai ampliar o número da vagas nas inscrições que serão abertas em breve para o programa jovem aprendiz.

Inscrição Jovem Aprendiz 2018 Caixa Economica Federal. Este é um programa de aprendizagem voltado a jovens de baixa renda, o Jovem Aprendiz Caixa Econômica Federal, que objetiva oferecer capacitação profissional em serviços bancários e administrativos, Para ingressar na iniciativa, é preciso ter menos de 22 anos, ter concluído o Ensino Fundamental, e, caso não tenha finalizado o Ensino Médio, estar regularmente matriculado em uma escola.

JOVEM APRENDIZ 2018 INSCRIÇÃO CAIXA

A participação do jovem Aprendiz no programa da Caixa Econômica, terá duração de até dois anos, e os jovens atuarão nos pontos de venda da CAIXA ECONOMICA FEDERAL. A jornada de trabalho é de seis horas diárias, durante quatro dias úteis. No quinto dia, o participante terá aulas ministradas pela entidade conveniada que será o CIEE ou outra escola participante, responsável pela contratação e capacitação teórica.

Desde o ano de 2003, a CAIXA recebe adolescentes entre 15 e 18 anos, dentro do programa Adolescente Aprendiz, em parceria com entidades convenentes. Um acordo assinado entre o banco e o Ministério do Trabalho e Emprego, em 24 de novembro 2008, ampliou a proposta, para atender jovens de até 24 anos.

Como funciona

Para ser um empregado Caixa, é necessário prestar um concurso público, conforme determina a Constituição Federal e o Estatuto da Caixa. Os editais são publicados no Diário Oficial e no sítio da Caixa, e tem como objetivo preencher vagas disponíveis ou formar cadastro reserva.
Após a admissão, o empregado passa a ocupar um cargo efetivo, permanente, para o qual prestou concurso.
A Caixa possui um Plano de Cargos e Salários, que contemplam as duas áreas de cargos efetivos: carreira administrativa, para o cargo de Técnico Bancário Novo, e carreira profissional, para os cargos de Engenheiro, Médico do Trabalho, Advogado e Arquiteto. Os salários variam entre R$ 2.025,00 e R$ 18.925,00, dependendo do cargo e da jornada trabalhada.

Cargos e Salários

​A Caixa possui um Plano de Cargos e Salários, que contemplam as duas áreas de cargos efetivos: carreira administrativa, para o cargo de Técnico Bancário Novo, e carreira profissional, para os cargos de Engenheiro, Médico do Trabalho, Advogado e Arquiteto. Os salários variam entre R$ 2.208,00 e R$ 20.629,00, dependendo do cargo e da jornada trabalhada.

Estágio

O Programa Estágio CAIXA é ofertado a estudantes de nível médio, técnico e superior, de acordo com as atividades da unidade concedente.

Como ato escolar supervisionado desenvolvido em ambiente de trabalho, o estágio é parte integrante do processo formativo e contribui para a formação do/a futuro/a profissional, permitindo ao/a estudante:

  • conhecer a filosofia, diretrizes, organização e funcionamento de empresas e instituições em geral, facilitando sua integração, além de propiciar melhor relacionamento humano e social.
  • o impacto da passagem da vida estudantil para o mundo do trabalho, proporcionando contato com o futuro meio profissional;
  • adquirir uma atitude de trabalho sistematizado, desenvolvendo a consciência da produtividade, a observação e comunicação concisa de ideias e experiências adquiridas e incentivando e estimulando o senso crítico e a criatividade;
  • a aplicação prática de seus conhecimentos teóricos, motivando seus estudos e possibilitando maior assimilação das matérias curriculares;
  • definir-se em face de sua futura profissão, perceber eventuais deficiências e buscar seu aprimoramento;

Esse aprendizado se traduz em melhores perspectivas para o futuro e amplia as possibilidades de inserção ao mercado de trabalho.



Se você quer participar do Jovem Aprendiz 2018 clique em Compartilhar

Se você tiver interesse em ser estagiário/a na CAIXA fique atento/a aos processos seletivos que acontecem regularmente no site http://www.ciee.org.br/portal/estudantes ​

Nos regulamentos estão todas as informações sobre o estágio (municípios participantes, carga horária, valores de bolsa e benefícios, idade, escolaridade, dentre outros). Fique atento (a) as notícias do jovem aprendiz 2018 da caixa.
Estágio

Programa Adolescente Aprendiz 2018

O Programa Adolescente Aprendiz tem como objetivo proporcionar conhecimentos teóricos e práticos necessários ao desempenho de uma profissão e promover a inclusão social de adolescentes.

O Programa promove a capacitação profissional em serviços bancários e administrativos, ao mesmo tempo em que estimula a prática da cidadania, de valores éticos e profissionais.

A contratação de Aprendizes para atuação na CAIXA ocorre por meio de parceria com Entidades Sem Fins Lucrativos, selecionadas por meio de Chamada Pública e conveniadas para essa finalidade, e está limitada ao percentual entre 5% até 15% de empregados/as por estabelecimento, conforme preconiza a Lei de Aprendizagem.

Os requisitos são:

  • Idade para ingresso no programa – entre 15 anos completos e 17 anos completos;
  • Renda familiar de até 50% do salário mínimo per capita;
  • Escolaridade – mínimo 9º ano do ensino fundamental ou o equivalente na Educação para Jovens e Adultos.

Benefícios:

  • Remuneração de R$937,00 por mês integral de aprendizagem;
  • Auxílio-alimentação;
  • Vale-transporte;
  • Férias;
  • FGTS: 2%.

Para mais informações, entre em contato com o SAC Caixa: 0800-726-0101​

 Programa Jovem Aprendiz 2018 Caixa Econômica Federal

A Caixa informa que, no momento, somente contrata Adolescentes Aprendizes (menores de 18 anos) para cumprimento de cota de Aprendizagem nas Unidades, como determina a Lei.

Dessa forma, a CAIXA clarifica que a contratação de Jovens Aprendizes (maiores de 18 anos) divulgadas nas redes sociais (facebook, whatsapp, instagram), sites de empregos ou ainda entidades sem fins lucrativos são inverídicas.

Empresas Parceiras do Programa Jovem Aprendiz Caixa Econômica 2018

ESTADO ENTIDADE PARCEIRA – Adolescente Aprendiz Site Entidade Telefone para tirar dúvidas sobre o cadastramento
Acre CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
Alagoas CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
Amapá RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Amazonas CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Bahia CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Ceará CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Distrito Federal RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
Espírito Santo CESAM/MG www.salesianos.br/assistencia-social/ (31) 3506.7944
Goiás CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Maranhão CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Mato Grosso CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Mato Grosso do Sul CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Minas Gerais CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Minas Gerais/BH CESAM/MG www.salesianos.br/assistencia-social/ (31) 3506.7944
Pará CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Pará/Belém EMAÚS http://www.movimentodeemaus.org/ (91) 3285.7693

(91) 4141.0457

Paraíba CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Paraná RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Assoc. de Educ. Familiar e Social do PR www.aefspr.org.br (41) 3340.6733
Pernambuco RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
CIEE/PE www.ciee-pe.org.br (81) 3131.6100
Piauí CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
Rio de Janeiro CIEE/RJ www.cieerj.org.br
http://ssas.salesianos.br/cesam/cesamrj/
((21) 2505.1200
Rio Grande do Norte CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
Rio Grande do Sul CIEE/RS www.cieers.org.br (51) 3363.1000
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Rondônia CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
Roraima CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
Santa Catarina IDES www.ides-sc.org.brhttp://www.cieesc.org.br/ (48) 3298.7121
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
São Paulo CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
São Paulo RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br (61) 3038.4516
São Paulo/ Bauru RASC www.rasc.com.br (14) 3879.3183
Sergipe CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
Tocantins CIEE adolescenteaprendizcaixa@ciee.org.br
RENAPSI www.redeproaprendiz.org.br

JOVEM APRENDIZ CIEE 2017 INSCRIÇÃO, VAGAS

Você estudante sem experiência que deseja uma oportunidade de trabalho e emprego em 2013, fique atento as oportunidades oferecidas pelo Jovem Aprendiz Ciee 2017 que abrirá diversas vagas de emprego para jovens sem experiência nas principais empresas privadas do Brasil.

JOVEM APRENDIZ CIEE 2017

Dicas e informações sobre como fazer suas inscrições para as vagas de jovem aprendiz da CIEE em 2017

Você que está em busca de uma experiência profissional e busca programas de capacitação, saiba que no CIEE você consegue. O Centro de Integração Escola e Empresa possui diversos programas visando a inclusão dos jovens estudantes no mercado de trabalho. O CIEE também dispõe de diversas parcerias com empresas renomadas e bem conhecidas no país, onde as mesmas por meio do CIEE abrem oportunidades de estágios e cursos, dessa forma, garantindo experiência e uma boa formação profissional para os estudantes interessados no jovem aprendiz ciee 2017.

Para quem não possui uma boa renda financeira saiba que tudo isso que o CIEE disponibiliza é totalmente gratuito e tudo pensando especialmente em você, isso mesmo, o CIEE procura mais atenção para jovens de baixa renda que estão cursos o ensino fundamental ou médio em escolas da rede pública. Saiba que o CIEE juntamente com a Fundação Roberto Marinho já inseriram diversos jovens ao mercado de trabalho em 2017 e em 2017 eles tem o mesmo objetivo. Para os interessados saibam que além de oportunidades de experiência a formação é essencial e atualmente o CIEE dispõe de cursos nas seguintes áreas: Auxiliar de Alimentação, Gestão Pública, Auxiliar de Produção, Logística, Ocupações Administrativas,  Comércio e Varejo, Práticas Bancárias, Telesserviços e Turismo dentre outras áreas.

Vagas e Inscrições Ciee Aprendiz 2017

Para participar do jovem aprendiz CIEE, basta enviar o currículo para o site oficia lhttp://www.ciee.org.br/portal/index.asp, de maneira rápida e fácil. O jovem deve ter entre 14 e 24 anos, com vagas para trabalhar de 04 a 06 horas por dia, até 4 dias uteis, mas a carga horária pode ser definida de acordo com o horário de estudo do jovem.

As inscrições para o Jovem Aprendiz 2017 ciee ainda estão bem longe de serem iniciadas e estão previstas para maio de 2017. Mais é bastante recomendável que você realize o seu cadastro no site oficial CIEE e assim poder receber também outras oportunidades.

Buscando contribuir para a formação de jovens autônomos, que saibam fazer novas leituras de mundo, tomar decisões e intervir de forma positiva na sociedade, surgiu o Aprendiz Legal. Um programa de aprendizagem voltado para a preparação e inserção de jovens no mundo do trabalho, que se apoia na Lei 10.097/2000, a Lei da Aprendizagem. O Centro de Integração Empresa-Escola e a Fundação Roberto Marinho estão juntos nessa ação oferecendo à empresa a oportunidade de formar um profissional alinhado com o mundo do trabalho.

A Lei determina que empresas de médio e grande porte contratem jovens de 14 a 24 anos, para capacitação profissional jovem aprendiz ciee 2017 (prática e teórica), cumprindo cotas que variam de 5% a 15% do número de funcionários efetivos qualificados. É facultativa a contratação de aprendizes pelas microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP).

Oportunidade de Renovação

Na experiência do Aprendiz Legal o jovem assume o papel de agente de desenvolvimento de sua própria carreira, de colaborador da empresa que o recebe, sua energia, sua criatividade, sua ousadia e sua tendência à contestação são canalizadas para renovar idéias, estruturas e processos.

Por acreditarmos que o jovem deve ser protagonista, visto como responsável, capaz e decisivo, o método utilizado para a formação do aprendiz estimula a autonomia e a pró-atividade. Sua inserção social através do trabalho e da geração de renda está centrada no desenvolvimento de cidadãos social e economicamente bem-sucedidos, que façam a ponte entre a infância e a vida adulta conquistando auto-estima e responsabilidade.

Metodologia

Com o foco no desenvolvimento social e humano, o Aprendiz Legal busca contribuir para a formação de jovens autônomos, capazes de intervir de forma positiva no seu trabalho, na sua vida e na sociedade. Essa proposta também prevê a inclusão de pessoas com deficiência, disponibilizando o material impresso em audiolivros e vídeos com inserção de LIBRAS.

A proposta pedagógica propõe o desenvolvimento competências e habilidades para o trabalho jovem aprendiz ciee 2017, com um material de formação que traz atividades desafiadoras, pautadas nos contextos do mundo do trabalho e das culturas juvenis, que dão significado aos conceitos específicos de cada curso. A abordagem interdisciplinar desses conceitos permite flexibilidade na organização do curso pelos educadores.

Na empresa, o aprendiz aplica os conhecimentos adquiridos na formação teórica e desenvolve seu aprendizado com a prática, a orientação do seu educador corporativo e a contribuição dos colegas de trabalho.

Cursos disponíveis:

 

Clique aqui e conheça os programas de Aprendizagem do CIEE validados pelo MTE.

FIM do FGTS e Seguro Desemprego com PEC da Terceirização

A Câmara dos Deputados aprovou na noite da quarta-feira 8, por 324 votos a favor, 137 contra e duas abstenções, o texto principal do projeto de lei que trata da regulamentação do trabalho terceirizado no Brasil. Os destaques e sugestões de alterações serão discutidos na próxima semana.

Apenas três partidos – PT, PCdoB e PSOL – orientaram seus parlamentares a votar contra o projeto. O Pros e o bloco formado por PRB, PTN, PMN, PRP, PSDC, PRTB, PTC, PSL e PTdoB liberaram as bancadas.

PSDB, PSD, PR, PSB, DEM, PDT, Solidariedade, PPS, PV e o bloco composto por PMDB, PP, PTB, PSC, PHS e PEN determinaram voto a favor da terceirização.

pec4330

Veja como votou cada deputado, conforme lista disponível nosite da Câmara dos Deputados:

DEM
Alberto Fraga DF Sim
Alexandre Leite SP Sim
Carlos Melles MG Sim
Efraim Filho PB Sim
Eli Côrrea Filho SP Sim
Elmar Nascimento BA Sim
Felipe Maia RN Sim
Hélio Leite PA Sim
Jorge Tadeu Mudalen SP Sim
José Carlos Aleluia BA Sim
Mandetta MS Sim
Misael Varella MG Sim
Moroni Torgan CE Não
Onyx Lorenzoni RS Sim
Osmar Bertoldi PR Sim
Pauderney Avelino AM Sim
Paulo Azi BA Sim
Professora Dorinha Seabra Rezende TO Não
Rodrigo Maia RJ Sim
Total DEM: 19
PCdoB
Alice Portugal BA Não
Aliel Machado PR Não
Carlos Eduardo Cadoca PE Sim
Chico Lopes CE Não
Daniel Almeida BA Não
Davidson Magalhães BA Não
Jandira Feghali RJ Não
Jô Moraes MG Não
João Derly RS Não
Luciana Santos PE Não
Orlando Silva SP Não
Rubens Pereira Júnior MA Não
Wadson Ribeiro MG Não
Total PCdoB: 13
PDT
Abel Mesquita Jr. RR Sim
Afonso Motta RS Sim
André Figueiredo CE Sim
Dagoberto MS Sim
Damião Feliciano PB Não
Deoclides Macedo MA Sim
Félix Mendonça Júnior BA Sim
Flávia Morais GO Sim
Giovani Cherini RS Sim
Major Olimpio SP Sim
Marcelo Matos RJ Não
Marcos Rogério RO Não
Mário Heringer MG Sim
Roberto Góes AP Sim
Sergio Vidigal ES Sim
Subtenente Gonzaga MG Não
Weverton Rocha MA Sim
Wolney Queiroz PE Não
Total PDT: 18
PEN
André Fufuca MA Sim
Junior Marreca MA Sim
Total PEN: 2
PHS
Adail Carneiro CE Sim
Carlos Andrade RR Sim
Diego Garcia PR Não
Kaio Maniçoba PE Sim
Marcelo Aro MG Sim
Total PHS: 5
PMDB
Alceu Moreira RS Sim
Baleia Rossi SP Sim
Cabuçu Borges AP Sim
Carlos Henrique Gaguim TO Sim
Carlos Marun MS Sim
Celso Jacob RJ Sim
Celso Maldaner SC Sim
Celso Pansera RJ Sim
Daniel Vilela GO Sim
Danilo Forte CE Sim
Darcísio Perondi RS Sim
Dulce Miranda TO Sim
Edinho Bez SC Sim
Edio Lopes RR Sim
Eduardo Cunha RJ Art. 17
Elcione Barbalho PA Sim
Fabio Reis SE Sim
Fernando Jordão RJ Sim
Flaviano Melo AC Sim
Geraldo Resende MS Sim
Hermes Parcianello PR Não
Hildo Rocha MA Sim
Hugo Motta PB Sim
Jarbas Vasconcelos PE Sim
João Arruda PR Não
João Marcelo Souza MA Sim
José Fogaça RS Sim
Josi Nunes TO Sim
Laudivio Carvalho MG Sim
Lelo Coimbra ES Sim
Leonardo Picciani RJ Sim
Leonardo Quintão MG Sim
Lindomar Garçon RO Sim
Lucio Mosquini RO Não
Lucio Vieira Lima BA Sim
Manoel Junior PB Sim
Marcelo Castro PI Sim
Marcos Rotta AM Sim
Marinha Raupp RO Não
Marquinho Mendes RJ Sim
Marx Beltrão AL Sim
Mauro Lopes MG Sim
Mauro Mariani SC Sim
Mauro Pereira RS Sim
Newton Cardoso Jr MG Sim
Osmar Serraglio PR Sim
Osmar Terra RS Não
Pedro Chaves GO Sim
Rodrigo Pacheco MG Sim
Rogério Peninha Mendonça SC Sim
Ronaldo Benedet SC Sim
Roney Nemer DF Sim
Saraiva Felipe MG Sim
Sergio Souza PR Sim
Silas Brasileiro MG Sim
Soraya Santos RJ Sim
Valdir Colatto SC Sim
Veneziano Vital do Rêgo PB Sim
Vitor Valim CE Não
Walter Alves RN Sim
Washington Reis RJ Sim
Total PMDB: 61
PMN
Dâmina Pereira MG Sim
Hiran Gonçalves RR Sim
Total PMN: 2
PP
Afonso Hamm RS Sim
Aguinaldo Ribeiro PB Sim
Arthur Lira AL Sim
Beto Rosado RN Sim
Cacá Leão BA Sim
Conceição Sampaio AM Sim
Covatti Filho RS Sim
Dilceu Sperafico PR Sim
Dimas Fabiano MG Sim
Eduardo da Fonte PE Sim
Esperidião Amin SC Sim
Ezequiel Fonseca MT Sim
Fernando Monteiro PE Sim
Guilherme Mussi SP Sim
Iracema Portella PI Sim
Jerônimo Goergen RS Sim
Jorge Boeira SC Não
José Otávio Germano RS Sim
Julio Lopes RJ Sim
Lázaro Botelho TO Sim
Luis Carlos Heinze RS Sim
Luiz Fernando Faria MG Sim
Marcelo Belinati PR Não
Marcus Vicente ES Sim
Mário Negromonte Jr. BA Sim
Missionário José Olimpio SP Sim
Nelson Meurer PR Não
Odelmo Leão MG Sim
Paulo Maluf SP Sim
Renato Molling RS Sim
Ricardo Barros PR Sim
Roberto Balestra GO Sim
Roberto Britto BA Sim
Ronaldo Carletto BA Sim
Sandes Júnior GO Sim
Simão Sessim RJ Sim
Toninho Pinheiro MG Sim
Total PP: 37
PPS
Alex Manente SP Sim
Arnaldo Jordy PA Não
Carmen Zanotto SC Sim
Eliziane Gama MA Não
Hissa Abrahão AM Sim
Marcos Abrão GO Sim
Moses Rodrigues CE Não
Raul Jungmann PE Sim
Roberto Freire SP Sim
Rubens Bueno PR Sim
Sandro Alex PR Sim
Total PPS: 11
PR
Aelton Freitas MG Sim
Alfredo Nascimento AM Sim
Altineu Côrtes RJ Sim
Anderson Ferreira PE Sim
Bilac Pinto MG Sim
Cabo Sabino CE Não
Capitão Augusto SP Sim
Clarissa Garotinho RJ Não
Dr. João RJ Sim
Francisco Floriano RJ Sim
Giacobo PR Sim
Gorete Pereira CE Sim
João Carlos Bacelar BA Não
Jorginho Mello SC Sim
José Rocha BA Sim
Lincoln Portela MG Não
Luiz Cláudio RO Sim
Luiz Nishimori PR Sim
Magda Mofatto GO Sim
Marcio Alvino SP Sim
Maurício Quintella Lessa AL Sim
Miguel Lombardi SP Sim
Milton Monti SP Sim
Paulo Feijó RJ Sim
Remídio Monai RR Sim
Silas Freire PI Não
Tiririca SP Não
Vinicius Gurgel AP Sim
Wellington Roberto PB Sim
Zenaide Maia RN Abstenção
Total PR: 30
PRB
Alan Rick AC Sim
André Abdon AP Sim
Antonio Bulhões SP Não
Beto Mansur SP Sim
Carlos Gomes RS Sim
César Halum TO Sim
Cleber Verde MA Sim
Fausto Pinato SP Sim
Jhonatan de Jesus RR Sim
Jony Marcos SE Não
Marcelo Squassoni SP Sim
Márcio Marinho BA Não
Roberto Sales RJ Sim
Ronaldo Martins CE Não
Rosangela Gomes RJ Sim
Tia Eron BA Sim
Vinicius Carvalho SP Sim
Total PRB: 17
PROS
Ademir Camilo MG Não
Antonio Balhmann CE Sim
Beto Salame PA Não
Domingos Neto CE Sim
Dr. Jorge Silva ES Sim
Givaldo Carimbão AL Sim
Hugo Leal RJ Sim
Leônidas Cristino CE Sim
Miro Teixeira RJ Não
Ronaldo Fonseca DF Sim
Valtenir Pereira MT Sim
Total PROS: 11
PRP
Alexandre Valle RJ Sim
Juscelino Filho MA Sim
Marcelo Álvaro Antônio MG Sim
Total PRP: 3
PSB
Adilton Sachetti MT Sim
Átila Lira PI Não
Bebeto BA Não
Fabio Garcia MT Sim
Fernando Coelho Filho PE Sim
Flavinho SP Sim
Glauber Braga RJ Não
Gonzaga Patriota PE Sim
Heitor Schuch RS Não
Heráclito Fortes PI Sim
Janete Capiberibe AP Não
João Fernando Coutinho PE Sim
José Reinaldo MA Sim
Jose Stédile RS Não
Júlio Delgado MG Sim
Keiko Ota SP Sim
Leopoldo Meyer PR Sim
Luciano Ducci PR Sim
Luiz Lauro Filho SP Sim
Luiza Erundina SP Não
Maria Helena RR Não
Marinaldo Rosendo PE Sim
Pastor Eurico PE Sim
Paulo Foletto ES Sim
Rodrigo Martins PI Sim
Stefano Aguiar MG Sim
Tadeu Alencar PE Não
Tenente Lúcio MG Sim
Tereza Cristina MS Sim
Vicentinho Júnior TO Sim
Total PSB: 30
PSC
Andre Moura SE Sim
Erivelton Santana BA Sim
Gilberto Nascimento SP Sim
Irmão Lazaro BA Sim
Júlia Marinho PA Sim
Marcos Reategui AP Não
Pr. Marco Feliciano SP Não
Professor Victório Galli MT Sim
Raquel Muniz MG Sim
Silvio Costa PE Sim
Total PSC: 10
PSD
Alexandre Serfiotis RJ Sim
Átila Lins AM Sim
Cesar Souza SC Sim
Danrlei de Deus Hinterholz RS Não
Delegado Éder Mauro PA Abstenção
Diego Andrade MG Sim
Evandro Rogerio Roman PR Sim
Fábio Faria RN Sim
Fábio Mitidieri SE Sim
Fernando Torres BA Sim
Francisco Chapadinha PA Sim
Goulart SP Sim
Herculano Passos SP Sim
Heuler Cruvinel GO Sim
Irajá Abreu TO Sim
Jaime Martins MG Sim
Jefferson Campos SP Sim
João Rodrigues SC Sim
Joaquim Passarinho PA Sim
José Carlos Araújo BA Sim
José Nunes BA Sim
Júlio Cesar PI Sim
Marcos Montes MG Sim
Ricardo Izar SP Sim
Rogério Rosso DF Sim
Rômulo Gouveia PB Sim
Sérgio Brito BA Sim
Sergio Zveiter RJ Sim
Sóstenes Cavalcante RJ Não
Walter Ihoshi SP Sim
Total PSD: 30
PSDB
Alexandre Baldy GO Sim
Alfredo Kaefer PR Sim
Antonio Imbassahy BA Sim
Arthur Virgílio Bisneto AM Sim
Betinho Gomes PE Sim
Bruna Furlan SP Sim
Bruno Covas SP Sim
Caio Narcio MG Sim
Célio Silveira GO Sim
Daniel Coelho PE Sim
Delegado Waldir GO Sim
Domingos Sávio MG Sim
Eduardo Barbosa MG Sim
Eduardo Cury SP Sim
Fábio Sousa GO Sim
Geovania de Sá SC Não
Giuseppe Vecci GO Sim
Izalci DF Sim
João Campos GO Sim
João Castelo MA Sim
João Gualberto BA Sim
João Paulo Papa SP Sim
Lobbe Neto SP Sim
Luiz Carlos Hauly PR Sim
Mara Gabrilli SP Não
Marco Tebaldi SC Sim
Marcus Pestana MG Sim
Mariana Carvalho RO Sim
Miguel Haddad SP Sim
Nelson Marchezan Junior RS Sim
Nilson Leitão MT Sim
Nilson Pinto PA Sim
Otavio Leite RJ Sim
Paulo Abi-Ackel MG Sim
Pedro Cunha Lima PB Sim
Pedro Vilela AL Sim
Raimundo Gomes de Matos CE Sim
Ricardo Tripoli SP Sim
Rocha AC Sim
Rodrigo de Castro MG Sim
Rogério Marinho RN Sim
Rossoni PR Sim
Samuel Moreira SP Sim
Shéridan RR Sim
Silvio Torres SP Sim
Vitor Lippi SP Sim
Total PSDB: 46
PSDC
Aluisio Mendes MA Sim
Luiz Carlos Ramos RJ Sim
Total PSDC: 2
PSL
Macedo CE Não
Total PSL: 1
PSOL
Cabo Daciolo RJ Não
Chico Alencar RJ Não
Edmilson Rodrigues PA Não
Ivan Valente SP Não
Jean Wyllys RJ Não
Total PSOL: 5
PT
Adelmo Carneiro Leão MG Não
Afonso Florence BA Não
Alessandro Molon RJ Não
Ana Perugini SP Não
Andres Sanchez SP Não
Angelim AC Não
Arlindo Chinaglia SP Não
Assis Carvalho PI Não
Assis do Couto PR Não
Benedita da Silva RJ Não
Beto Faro PA Não
Bohn Gass RS Não
Caetano BA Não
Carlos Zarattini SP Não
Chico D Angelo RJ Não
Décio Lima SC Não
Enio Verri PR Não
Erika Kokay DF Não
Fabiano Horta RJ Não
Fernando Marroni RS Não
Givaldo Vieira ES Não
Helder Salomão ES Não
Henrique Fontana RS Não
João Daniel SE Não
Jorge Solla BA Não
José Airton Cirilo CE Não
José Guimarães CE Não
José Mentor SP Não
Leo de Brito AC Não
Leonardo Monteiro MG Não
Luiz Couto PB Não
Luiz Sérgio RJ Não
Luizianne Lins CE Não
Marco Maia RS Não
Marcon RS Não
Margarida Salomão MG Não
Maria do Rosário RS Não
Merlong Solano PI Não
Moema Gramacho BA Não
Nilto Tatto SP Não
Odorico Monteiro CE Não
Padre João MG Não
Paulão AL Não
Paulo Pimenta RS Não
Paulo Teixeira SP Não
Pedro Uczai SC Não
Professora Marcivania AP Não
Ságuas Moraes MT Não
Sibá Machado AC Não
Toninho Wandscheer PR Não
Valmir Assunção BA Não
Valmir Prascidelli SP Não
Vander Loubet MS Não
Vicente Candido SP Não
Vicentinho SP Não
Waldenor Pereira BA Não
Weliton Prado MG Não
Zé Carlos MA Não
Zé Geraldo PA Não
Zeca Dirceu PR Não
Zeca do Pt MS Não
Total PT: 61
PTB
Adelson Barreto SE Sim
Alex Canziani PR Sim
Antonio Brito BA Sim
Arnaldo Faria de Sá SP Não
Arnon Bezerra CE Sim
Benito Gama BA Sim
Deley RJ Não
Eros Biondini MG Não
Jorge Côrte Real PE Sim
Josué Bengtson PA Sim
Jovair Arantes GO Sim
Jozi Rocha AP Sim
Luiz Carlos Busato RS Sim
Nelson Marquezelli SP Sim
Nilton Capixaba RO Sim
Paes Landim PI Sim
Pedro Fernandes MA Não
Ricardo Teobaldo PE Sim
Ronaldo Nogueira RS Não
Walney Rocha RJ Sim
Wilson Filho PB Sim
Zeca Cavalcanti PE Não
Total PTB: 22
PTC
Brunny MG Não
Uldurico Junior BA Não
Total PTC: 2
PTdoB
Luis Tibé MG Sim
Pastor Franklin MG Sim
Total PTdoB: 2
PTN
Bacelar BA Não
Christiane de Souza Yared PR Não
Delegado Edson Moreira MG Sim
Renata Abreu SP Sim
Total PTN: 4
PV
Evair de Melo ES Sim
Evandro Gussi SP Sim
Fábio Ramalho MG Sim
Leandre PR Sim
Victor Mendes MA Sim
William Woo SP Sim
Total PV: 6
Solidariedade
Arthur Oliveira Maia BA Sim
Augusto Carvalho DF Sim
Augusto Coutinho PE Sim
Aureo RJ Sim
Benjamin Maranhão PB Sim
Carlos Manato ES Sim
Elizeu Dionizio MS Sim
Expedito Netto RO Sim
Ezequiel Teixeira RJ Sim
Genecias Noronha CE Sim
Laercio Oliveira SE Sim
Lucas Vergilio GO Sim
Paulo Pereira da Silva SP Sim
Zé Silva MG Sim
Total Solidariedade: 14

pec4330_diga_nao

Entenda como a Pec 4330 da Terceirização pode anular seus direitos trabalhistas e diminuir seu salário:

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (8) o projeto de lei 4330/2004, que regulamenta contratos de terceirização no mercado de trabalho. Agora, o projeto será encaminhado diretamente para votação no Senado.

O projeto tramita há 10 anos na Câmara e vem sendo discutido desde 2011 por deputados e representantes das centrais sindicais e dos sindicatos patronais. Ele prevê a contratação de serviços terceirizados para qualquer atividade, desde que a contratada esteja focada em uma atividade específica.

As normas atingem empresas privadas, empresas públicas, sociedades de economia mista, produtores rurais e profissionais liberais. O texto somente não se aplica à administração pública direta, autarquias e fundações.

Representantes dos trabalhadores argumentam que a lei pode provocar precarização no mercado de trabalho. Empresários, por sua vez, defendem que a legislação promoverá maior formalização e mais empregos.

O que é terceirização?
Na terceirização uma empresa prestadora de serviços é contratada por outra empresa para realizar serviços determinados e específicos. A prestadora de serviços emprega e remunera o trabalho realizado por seus funcionários, ou subcontrata outra empresa para realização desses serviços. Não há vínculo empregatício entre a empresa contratante e os trabalhadores ou sócios das prestadoras de serviços.

Atualmente, é a Súmula 331 do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que determina que a terceirização no Brasil só deve ser dirigida a atividades-meio. Essa súmula, que serve de base para decisões de juízes da área trabalhista, menciona os serviços de vigilância, conservação e limpeza, bem como “serviços especializados ligados à atividade-meio do tomador”, “desde que inexistente a pessoalidade e a subordinação direta” do funcionário terceirizado com a empresa contratante.

Quais os pontos polêmicos da proposta?
O PL 4330/04 envolve quatro grandes polêmicas, que têm causado protestos das centrais sindicais: a abrangência das terceirizações tanto para as atividades-meio como atividades-fim; obrigações trabalhistas serem de responsabilidade somente da empresa terceirizada – a contratante tem apenas de fiscalizar; a representatividade sindical, que passa a ser do sindicato da empresa contratada e não da contratante; e a terceirização no serviço público. Já os empresários defendem que a nova lei vai aumentar a formalização e a criação de vagas de trabalho.

O que diz o projeto de lei 4330 O que muda na prática
O contrato de prestação de serviços abrange todas as atividades, sejam elas inerentes, acessórias ou complementares à atividade econômica da contratante. Proposta permite que qualquer atividade de uma empresa possa ser terceirizada, desde que a contratada esteja focada em uma atividade específica. Segundo o relator, o objetivo é evitar que a empresa funcione apenas como intermediadora de mão de obra, como um “guarda-chuva” para diversas funções.
A empresa contratante é subsidiariamente responsável pelas obrigações trabalhistas dos funcionários da prestadora de serviços/devedora. O terceirizado só pode cobrar o pagamento de direitos da empresa tomadora de serviços quando a contratada não cumpre as obrigações trabalhistas e após ter respondido, previamente, na Justiça. Ou, quando a empresa contratante não fiscalizar o cumprimento das obrigações trabalhistas pela prestadora de serviços. A contratante terá de fiscalizar mensalmente o pagamento de salários, horas-extras, 13º salário, férias, entre outros direitos.
A administração pública pode contratar prestação de serviços de terceiros, desde que não seja para executar atividades exclusivas de Estado, como regulamentação e fiscalização. A administração pública pode contratar terceirizados em vez de abrir concursos públicos e será corresponsável pelos encargos previdenciários, mas não quanto às dívidas trabalhistas. Sempre que o órgão público atrasar sem justificativa o pagamento da terceirizada, será responsável solidariamente pelas obrigações trabalhistas da contratada.

O texto somente não se aplica à administração pública direta, autarquias e fundações.O recolhimento da contribuição sindical compulsória deve ser feito ao sindicato da categoria correspondente à atividade do terceirizado e não da empresa contratante.Os terceirizados não serão representados por sindicados das categorias profissionais das tomadoras de serviços. O argumento é que isso favorecerá a negociação e a fiscalização em relação à prestação de serviços.

O terceirizado será representado pelo sindicato dos empregados da empresa contratante quando a terceirização for entre empresas com a mesma atividade econômica, o que possibilitará que o trabalhador receba as correções salariais anuais da categoria.

O que pode ser terceirizado?
O projeto de lei amplia a terceirização para a atividade-fim, ou seja, a atividade principal. Atualmente, por exemplo, uma empresa de engenharia não pode contratar um engenheiro terceirizado, mas o serviço de limpeza pode ser feito por um prestador de serviço. Da mesma forma montadoras não podem terceirizar os metalúrgicos, e os bancos, os bancários, por serem funções para atividades-fim. Hoje só é permitido terceirizar as atividades-meio ou apoio das empresas, ou seja, pessoal da limpeza, recepção, telefonia, segurança e informática, por exemplo.

A empresa contratada deverá ter objeto social único, compatível com o serviço contratado. É permitida a existência de mais de um objeto quando a atividade recair na mesma área de especialização. Isso impede a contratação de empresas guarda-chuvas, que oferecem serviço de segurança, limpeza e transporte, por exemplo.

Quem responde pelos direitos trabalhistas?
O projeto propõe que a responsabilidade da empresa contratante pelo cumprimento dos direitos trabalhistas do empregado terceirizado, como pagamento de férias e licença-maternidade, seja subsidiária, ou seja, a empresa que contrata o serviço é acionada na Justiça somente se forem esgotados os bens da firma terceirizada, quando a contratada não cumpre as obrigações trabalhistas e após ter respondido, previamente, na Justiça. Ao mesmo tempo, a empresa contratante poderia ser acionada diretamente pelo trabalhador terceirizado, mas apenas quando não fiscalizar o cumprimento das obrigações trabalhistas pela contratada.

No caso da responsabilidade subsidiária, o terceirizado só pode cobrar o pagamento de direitos da empresa tomadora de serviço após se esgotarem os bens da terceirizada. Já na solidária, como é atualmente, o terceirizado pode cobrar tanto da empresa que terceiriza quanto da tomadora de serviços.

A empresa contratante terá de fiscalizar mensalmente o pagamento de salários, horas-extras, 13º salário, férias, entre outros direitos, pela empresa terceirizada.

Já a responsabilidade pelos pagamentos de encargos previdenciários e do imposto de renda relativos aos empregados terceirizados fica por conta da empresa contratante, e não mais da que terceiriza o serviço. Antes, cabia à contratante apenas fiscalizar todo o mês o cumprimento desses pagamentos.

A preocupação do governo era que as empresas terceirizadas não cumprissem com o pagamento dos tributos. A avaliação é que é mais fácil controlar os pagamentos se eles forem feitos pela empresa que contrata o serviço.

Quem irá representar esses trabalhadores?
Outra questão se refere à representação sindical, se fica a cargo da categoria da empresa contratante ou da empresa prestadora de serviços. No setor bancário, por exemplo, os terceirizados não serão representados pelo Sindicato dos Bancários, que teriam mais poder de negociação. Portanto, o terceirizado que trabalha num banco, por exemplo, não usufruiria dos direitos conquistados pela classe bancária.

A proposta prevê que os empregados terceirizados sejam regidos pelas convenções ou acordos trabalhistas feitos entre a contratada e o sindicato dos terceirizados. As negociações da contratante com seus empregados não se aplicariam aos terceirizados.

Defensores argumentam que isso aumentará o poder de negociação com as entidades patronais, bem como será favorecida a fiscalização quanto à utilização correta da prestação de serviços.

Críticos apontam que ao direcionar a contribuição ao sindicato da atividade terceirizada e não da empresa contratante, o trabalhador terceirizado será atrelado a sindicatos com menor representatividade e com menor poder de negociação.

Para obter o apoio de centrais sindicais, foi incorporada ao projeto emenda que estabelece que o funcionário terceirizado será representado pelo sindicato dos empregados da empresa contratante quando a terceirização for entre empresas com a mesma atividade econômica, o que possibilitará que o trabalhador receba as correções salariais anuais da categoria.

Quem é contra e quem é a favor?
A proposta divide opiniões entre empresários, centrais sindicais e trabalhadores. Os empresários argumentam que o projeto pode ajudar a diminuir a informalidade do mercado. Segundo o presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, a lei pode representar a geração, no futuro, de 700 mil empregos/ano em São Paulo e mais de 3 milhões no Brasil.

Já representantes dos trabalhadores acreditam que a aprovação do projeto de lei pode levar a uma precarização das condições de trabalho. Entre as queixas mais recorrentes daqueles que trabalham como terceirizados estão a falta de pagamento de direitos trabalhistas e os casos de empresas que fecham antes de quitar débitos com trabalhadores.

Entre as entidades que estão a favor do projeto de lei estão as Confederações Nacionais da Indústria (CNI), do Comércio (CNC), da Agricultura (CNA), do Transporte (CNT), das Instituições Financeiras (Consif) e da Saúde (CNS), FecomercioSP e FecomercioRJ, além do Sindicato Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços e Instaladoras de Sistemas e Redes de TV por assinatura, cabo, MMDS, DTH e Telecomunicações (Sinstal) e Sindicato Paulista das Empresas de Telemarketing, Marketing Direto e Conexos (Sintelmark).

As centrais sindicais, representantes dos trabalhadores, eram contra proposta original. Após a alteração relativa à representação sindical, acertada na terça-feira, no entanto, as centrais decidiram apoiar o texto, segundo o deputado Paulo Pereira da Silva, ex-presidente da Força Sindical.

“Tivemos uma reunião das centrais com o relator e, com a incorporação da emenda, vamos apoiar o texto”. A Central Única dos Trabalhadores (CUT), no entanto, segue contra a aprovação do PL 4330.

O relator do projeto, o deputado Arthur Oliveira Maia (PMDB-BA), defende que é preciso e permitir a terceirização para qualquer atividade, desde que a empresa contratada seja especializada na execução do serviço em questão. Dessa forma, uma montadora de automóveis, por exemplo, poderia contratar várias empresas responsáveis pela montagem dos diferentes componentes de um carro.

Sandro Mabel, autor do projeto e deputado até janeiro deste ano, justifica as mudanças pela necessidade de a empresa moderna ter de se concentrar em seu negócio principal e na melhoria da qualidade do produto ou da prestação de serviço. Para ele, ao ignorar a terceirização, os trabalhadores ficaram vulneráveis, por isso, as relações de trabalho na prestação de serviços a terceiros demandam intervenção legislativa urgente, no sentido de definir as responsabilidades do tomador e do prestador de serviços e, assim, garantir os direitos dos trabalhadores.

Estimativas
O Ministério do Trabalho não tem números oficiais de terceirizados no país. De acordo com um estudo da CUT em parceria com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o total de trabalhadores terceirizados em 2013 no Brasil correspondia a 26,8% do mercado formal de trabalho, somando 12,7 milhões de assalariados.

Os estados com maior proporção de terceirizados, segundo o estudo, são São Paulo (30,5%), Ceará (29,7%), Rio de Janeiro (29,0%), Santa Catarina (28%) e Espírito Santo (27,1%), superior à média nacional de 26,8%.

Já de acordo com o Sindicato das Empresas de Prestação de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário do Estado de São Paulo (Sindeprestem), com apoio da Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de RH, Trabalho Temporário e Terceirizado (Fenaserhtt) e Central Brasileira do Setor de Serviços (Cebrasse), a terceirização empregava, em 2014, 14,3 milhões de trabalhadores formais no país. O setor é composto por 790 mil empresas, que faturam R$ 536 bilhões ao ano. Os dados foram coletados de 60 entidades representativas do setor.

Argumentos das centrais sindicais
Ainda de acordo com um estudo da CUT em parceria com o Dieese, o trabalhador terceirizado tem maior rotatividade no mercado. Eles permanecem 2,6 anos a menos no emprego do que o trabalhador contratado diretamente e têm uma jornada de 3 horas semanais a mais. Além disso, recebem em média salários 24,7% menores, e a cada 10 acidentes de trabalho fatais, oito ocorrem entre trabalhadores terceirizados, devido à falta de treinamento e investimentos em qualificação.

O que as empresas ganham?
De acordo com Lúcia Helena Barros, advogada e sócia do escritório Fialdini Advogados, a regulamentação da terceirização beneficia as empresas contratantes em quatro pontos principais. Uma delas é que gera maior competitividade e simplifica o processo produtivo, pois passa para a responsabilidade da terceirizada as atividades que não são as principais da empresa. Outro ponto ressaltado pela advogada é que a tomadora de serviço pode ingressar com ação para reaver o que gastou com demandas judiciais referentes ao não pagamento dos direitos trabalhistas por parte da terceirizada.

A advogada enfatiza ainda que a regulamentação dá maior segurança jurídica entre as empresas e diminui custos com ações trabalhistas. “Vai haver redução de custos, uma vez que o trabalhador não vai negociar diretamente com a tomadora de serviços. O trabalhador pela CLT encarece muito porque equivale a 100% de custo para as empresas. Mas o empregado terceirizado pode receber menos que o empregado registrado na CLT caso não seja registrado”, afirma.

Lúcia diz ainda que a regulamentação estimula as empresas terceirizadas a terem excelência na prestação de serviços para corresponder às expectativas dos tomadores de serviço. “É patente que vai haver uma modernização dos serviços”, prevê.

A advogada ressalta que haverá necessidade de uma maior fiscalização para que as prestadoras de serviços resguardem os pagamentos dos direitos trabalhistas. “O projeto  garante a responsabilidade subsidiária por parte dos tomadores, ou seja, caso não haja condições financeiras dos prestadoras de serviços, os contratantes responderão pelo pagamento dos direitos. Os trabalhadores de qualquer maneira estão resguardados”, opina.

Direitos assegurados aos trabalhadores dentro do PL 4330
Empresa contratante não pode colocar terceirizados em atividades distintas das que estão previstas no contrato com a empresa prestadora de serviços.
A empresa contratante deve garantir as condições de segurança e saúde dos trabalhadores terceirizados.
Quando for necessário treinamento específico, a contratante deverá exigir da prestadora de serviços a terceiros certificado de capacitação do trabalhador para a execução do serviço ou fornecer o treinamento adequado antes do início do trabalho.
A contratante pode estender ao trabalhador terceirizado os benefícios oferecidos aos seus empregados, como atendimento médico e ambulatorial e refeições.
Há a possibilidade da chamada “quarteirização”, ou seja, a empresa terceirizada pode subcontratar os serviços de outra empresa. Este mecanismo só poderá ocorrer, porém, em serviços técnicos especializados e se houver previsão no contrato original. A empresa prestadora de serviços que subcontratar outra empresa para a execução do serviço é corresponsável pelas obrigações trabalhistas da subcontratada.
O contrato entre a contratante e a terceirizada deve conter a especificação do serviço e prazo para realização (se houver). A prestadora de serviços (contratada) deve ainda fornececer comprovantes de cumprimento das obrigações trabalhistas para a empresa contratante.

O mais interessante disso tudo é que  maioria votante fazem parte da base opositora do Governo, apesar de Dilma ter mexido no seguro desemprego, fica a dúvida, será que a oposição realmente apoia o povo ou apoia os empresários, e o mais interessante praticamente ninguém do PT votou a favor desse projeto, então pela primeira vez eu sou obrigado a dar os parabéns ao PT que “desta vez” não foi contra o povo brasileiro.

Concurso Banco do Brasil 2018 – Edital, Inscrição

Quem está estudando para ser aprovado em um concurso publico sabe que o Concurso Banco do Brasil 2018 é um dos mais concorridos, porque muita gente tem como foco trabalhar em bancos, por causa do ambiente e também por causa dos benefícios, e hoje veremos mais informações sobre o Concurso Banco do Brasil 2018 que ainda não tem data para abrir as inscrições, mas algumas informações sobre já foram lançadas.

Concurso Banco do Brasil 2018 – Edital, Inscrição

Já sabemos quais são as vagas para o Concurso Banco do Brasil 2018 para esse ano, esse concurso será bastante concorrido porque os salários e benefícios estão melhorando. Confiram abaixo quais são as vagas e seus respectivos benefícios:

preco-para-abrir-poupanca-no-banco-do-brasil

• Vaga para Escriturário

• Requisitos: ter idade acima de 18 anos e ensino médio completo

• Benefícios: remuneração de R$ 1892,00, cesta alimentação de R$ 367,90, e auxilio refeição de R$ 472,10.

São os benefícios e também o salario que as pessoas se interessam tanto em fazer esse incurso. Mas a instabilidade ainda vem sendo um grande requisito também, afinal não tem coisa melhor do que um emprego garantido o resto da vida. No edital do Concurso Banco do Brasil 2018 você pode conferir todas as matérias que serão cobradas na prova desse concurso, mas deixamos abaixo algumas das matérias para você conferir melhor:

• Língua Portuguesa

• Atualidades do mercado financeiro

• Matemática

• Raciocínio Logico

• Informática

• Atendimento

• Técnicas de Vendas

Tudo isso será cobrado na prova do Concurso Banco do Brasil 2018, portanto quanto mais tempo você tiver para estudar e se dedicar mais chances você tem de ser aprovado. Porque hoje em dia a concorrência está bem grande, por isso que quanto mais você estuda melhor é para você.

As inscrições do Concurso Banco do Brasil 2018 ainda não começaram, mas sabemos que para esse ano a taxa de inscrição será de R$ 40,00 para nível médio. Seguem os sites para conferir mais informações sobre esse concurso:
www.concursosfcc.com.br

 

Concurso inss 2014 edital inscrições

Concurso INSS 2015 – Inscrição, Edital e Resultados

A autorização para um novo Concurso do INSS 2015 foi dada em junho do ano passado, segundo informações dos deputados federais Amauri Teixeira (PT/BA) e Roberto Santiago (PSD/SP). A autarquia solicitou ao Ministério do Planejamento a contratação de 3.080 servidores, sendo 2 mil técnicos do seguro social e 1.080 peritos médicos previdenciários. Clique aqui e saiba mais sobre o concurso inss 2015>>>

Concurso do INSS 2015 – Inscrição, Edital e Resultados

Entretanto, de acordo com os parlamentares, apenas 1.500 vagas de técnicos serão autorizadas. O cargo de técnico requer o nível médio e proporciona remuneração de R$4.400,87 (já contando com a gratificação de atividade Executiva e de desempenho de atividades do Seguro Social – 80 pontos). Já a função de perito exige graduação em Medicina e inscrição no conselho regional da categoria. Os rendimentos são de R$10.056,80 (considerando 80 pontos de gratificação de desempenho de atividade de perícia médica previdenciária). É grande a expectativa para o Edital Concurso INSS 2015 porém sabemos que muito em breve é provável que o edital seja lançado entre março ou junho de 2015, assim esperamos.
Concurso-INSS-2014

Ultimas Notícias Concurso INSS 2015 Inscrição

Em 1º de abril, os deputados estiveram reunidos com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, que teria dado a informação a eles. O Planejamento não comentou o assunto. O órgão não costuma falar sobre concursos enquanto não há uma autorização formal. O INSS tem buscado a recomposição do seu quadro de pessoal. Além da carência, que gira em torno de 10 mil servidores, de acordo com a Associação Nacional dos Servidores da Previdência e Seguridade Social (Anasps), o instituto tem mais de 10 mil servidores em abono de permanência, que foram mantidos em serviço para que a Previdência Social não pare. Além disso, a rede de atendimento está em ampliação, por conta do plano de expansão. Somente para as unidades previstas para 2014 seriam necessárias, pelo menos, 800 contratações – cinco servidores para cada agência.

Confira o Material de Estudo Completo do INSS 2015

* Todas as apostilas estão com preço reduzido até depois de amanhã, preços a partir de R$15,00 a 70,00 preço promocional válido até o dia 26…
Concurso anterior – Em 2011, o INSS promoveu o último concurso para os cargos de técnico e perito médico. A validade dessa seleção terminou no último dia 17, e durante o prazo de validade, de um ano, prorrogável por igual período, mais de 5 mil aprovados foram nomeados. A organização coube à Fundação Carlos Chagas (FFC). A prova objetiva foi composta por 60 questões para os técnicos, sendo 20 de Conhecimentos Gerais (Ética no Serviço Público, Regime Jurídico Único, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Noções de Informática) e 40 sobre Conhecimentos Específicos. Já os peritos enfrentaram 80 perguntas, sendo 30 sobre Conhecimentos Básicos (Português, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Constitucional e Noções de Direito Administrativo) e 50 sobre Conhecimentos Específicos.
A aprovação esteve condicionada à obtenção de, pelo menos,  30% de acertos em Conhecimentos Gerais, 30% em Conhecimentos Específicos e 40% do total de pontos da prova. Os peritos ainda passaram por uma avaliação de títulos. Na ocasião, foram aceitos: especialização em nível de pós-graduação lato sensu, com carga horária mínima de 360 horas/aula, na área de Medicina do Trabalho, Saúde Pública e/ou Medicina; mestrado em  Medicina, doutorado em Medicina e/ou de residência médica ou título de especialista em Medicina.

Termos:

  • Concurso INSS 2015 edital inscrição
  • Inscrições Concurso INSS 2015
  • Edital INSS 2015 Inscrições
  • quando sai o edital do concurso inss 2015
  • vagas concurso inss 2015
  • inscrições inss 2015 edital

SENAI JOVEM APRENDIZ 2015, INSCRIÇÕES

Inscrições abertas para o Programa do Senai Jovem Aprendiz 2015 em breve estarão abertas em todo o Brasil.

A empresa Petrobrás criou um programa chamado Jovem Aprendiz  para capacitar jovens para o mercado de trabalho. E desde 2005 o programa vem funcionando dando oportunidade aos jovens de aprenderem uma profissão para assim ingressar no mercado de trabalho.

Senai Jovem Aprendiz 2015

O programa funciona oferecendo aos jovens a qualificação que é obtida por meio de um curso técnico do SENAI, e após a formação os jovens podem ingressar em empresas até na própria Petrobrás para trabalharem como estagiários. Este programa funciona ajudando a melhorar e fortalecer o papel da Petrobrás nacionalmente, e claro maior visibilidade para a empresa.

Se você ficou interessado veja abaixo como funciona o programa jovem aprendiz.

SENAI JOVEM APRENDIZ 2015, INSCRIÇÕES

Para participar os jovens precisam estar matriculados em alguma instituição de ensino, devem procurar o CIEE de sua cidade  para se inscreverem. E não deixe de participar, funciona pois grandes empresas como Caixa Econômica Federal, SENAI, Banco do Brasil e a própria Petrobrás já contratam os estudantes para trabalharem com carteira assinada, remuneração e direitos trabalhistas.

ENDEREÇOS DO CIEE PARA O JOVEM APRENDIZ 2014

REGIÃO SUDESTE
SÃO PAULO (11) 3046.8227 e (11) 3046.8211 (só para aprendizes)
REGIÃO NORDESTE
ALAGOAS (82) 3338.2650
BAHIA (71) 2108.8900
CEARÁ (85) 4012.7600
MARANHÃO (98) 3227.8300
PARAÍBA (83) 2107.0450
PIAUÍ (86) 3223.8885
RIO GRANDE DO NORTE (84) 3089.7700
SERGIPE (79) 3214.2057
REGIÃO NORTE
ACRE (68) 3224.8794
AMAPÁ (96) 3225.3689
AMAZONAS (92) 2101.4270
PARÁ (91) 3202.1450
RONDÔNIA (69) 3043.3638
RORAIMA (95) 3624.2764
TOCANTINS (63) 3215.4927
REGIÃO CENTRO-OESTE
DISTRITO FEDERAL (61) 3701.4800
GOIÁS (62) 4005.0750
MATO GROSSO (65) 2121.2450
MATO GROSSO DO SUL (67) 3318.0400

data/documents/storedDocuments/{76190FCF-AD71-4B7C-8FC0-DD30935643B8}/{930D8671-6DE3-45F3-A487-13BB2043687A}/ciee_pe.jpg
CIEE-PEPERNAMBUCO
(81) 3131.6000
data/documents/storedDocuments/{76190FCF-AD71-4B7C-8FC0-DD30935643B8}/{02E3F08E-CD60-4232-9047-2412FAC00C12}/ciee_rj.jpg

CIEE-RJ

RIO DE JANEIRO
(21) 3535.4300

data/documents/storedDocuments/{76190FCF-AD71-4B7C-8FC0-DD30935643B8}/{F4B06A12-1032-498A-8AC0-D6DFAA020AAA}/ciee_rs.jpg

CIEE-RS

RIO GRANDE DO SUL
(51) 3363.1000

data/documents/storedDocuments/{76190FCF-AD71-4B7C-8FC0-DD30935643B8}/{18DDB8DA-DED0-4CD8-8E27-220C66418C2B}/logoGERAR_peq.gif
GERAR
PARANÁ(41) 3039.6599 | 3323.8106 | [email protected]

SANTA CATARINA
(47) 3473.5811 |
Rua Paulo Malschitzki, 90 – sl. 4 – Bom Retiro
Joinville-SC | CEP 89219-710

Saiba todas as informações do Jovem Aprendiz SENAI 2015,  Acesse os dados para inscrição online.

Abono Salarial 2015 Consulta PIS 2015

O governo federal liberou antecipadamente no dia 15 de julho 2014 o abono salarial 2015 para clientes que possuem conta na caixa econômica federal. o calendário do pis 2015 está disponível para consulta na tabela do pis 2015 abaixo, veja agora todas as informações sobre o calendário pis pasep 2015 para quem tem conta na caixa econômica federal.

PIS_quem tem direito

Abono Salarial 2015 Consulta PIS 2015

Calendario-do-PIS-2014-pis-pasep-2014

 

Quem tem direito ao Abono Salarial 2015 Pis/Pasep 2014/2015?

O trabalhador que recebeu até R$ 1.356 por mês em 2013 tem direito ao abono salarial do PIS/Pasep referente ao exercício de 2014/2015. Cerca de 23 milhões de pessoas podem receber o benefício que começou a ser pago pelo governo nesta terça-feira (15), totalizando R$ 17 bilhões.

Quem tem direito ao PIS 2015:

O trabalhador cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos 5 (cinco) anos;

– Quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais em 2013;

– A pessoa que trabalhou pelo menos 30 dias no ano-base, seguidos ou não, para um empregador que contribua para o PIS/Pasep;

– O trabalhador inscrito que tenha sido informado corretamente na RAIS de 2013.

A novidade deste ano é que os trabalhadores cadastrados no PIS terão os depósitos liberados em conta conforme o mês de aniversário. O governo antecipou o calendário de pagamentos em um mês – até o ano passado, a quantia só era paga a partir de agosto.

Por falta de conhecimento ou por perda do prazo, cerca de 1,1 milhão de pessoas não sacaram o valor ao qual tinham direito. A data limite para retirar o valor deste exercício é 30 de junho de 2015 e o valor do abono é de um salário mínimo.

Como consultar o saldo do PIS na internet

Para ter acesso ao saldo do PIS, é preciso ter em mãos o número do cadastro e acessar o site da Caixa Econômica Federal. Em seguida, o trabalhador deve inserir o número do seu PIS e sua senha e clicar em “serviço do cidadão”. Se ainda não tiver uma senha, basta cadastrá-la na hora.

pi-pasep-2014-caixa-economica

Como sacar o PIS 2015

O abono poderá ser sacado nas agências da Caixa Econômica Federal por quem está inscrito no PIS e nas agências do Banco do Brasil por quem está inscrito no Pasep.

É preciso acompanhar o calendário de pagamento para saber se o dinheiro já está disponível na conta do trabalhador.

Os cadastrados no PIS que tiverem Cartão Cidadão, com senha já cadastrada, também podem fazer o saque em casas lotéricas, caixas automáticos ou postos do Caixa Aqui.

É necessário apresentar um documento de identificação (CPF ou RG) e o número de inscrição no PIS ou Pasep para retirar o benefício.

Mais informações sobre o calendário pis pasep 2014 e para fazer a consulta pis 2015 online acesse: http://www.calendariopispasepcaixa.com

 

Currículos Prontos 2015 Para Imprimir | Modelos de Curriculum

Confira excelentes e diversos Modelos de Curriculum 2015 prontos para imprimir . Separamos mais de 30 modelos diferentes para você baixar editar e imprimir de acordo com a sua necessidade pessoal.  O currículo é uma estratégia que a empresas utilizam para fazer a pré seleção dos candidatos que desejam conquistar uma vaga. Existem vários detalhes que são importantes para que o currículo seja destaque, e por isso, os candidatos que estão em busca de emprego devem ficar atentos em todos os detalhes.

Currículos Prontos 2015 Para Imprimir | Modelos de Curriculum

 

É preciso que o seu currículo esteja de acordo com as normas da ABNT, que é muito importante para deixar todas as informações bem organizadas.

Modelos de Currículos 2015 Gratuitos e Prontos para Imprimir

No vídeo abaixo ensinamos como fazer um currículo vitae atualizado 2015 passo a passo:

Todas as informações devem estar de acordo com as suas experiências e formação, pois as empresas não admitem candidatos que por algum motivo omitam ou forneçam informações falsas. Por isso, primeiramente  a dica é que você faça uma prévia de currículo, anotando as principais informações sobre os seus dados pessoais, experiências profissionais, formação, e cursos extras que você fez logo abaixo disponibilizamos diversos modelos de curriculum 2015 para você baixar e imprimir após editar do seu jeito.
MODELO DE CURRICULUM 2015 PRONTO PARA IMPRIMIR
Currículos-para-estágios
O internauta pode acessar o site e conferir todas as dicas de currículo, e também preencher um currículo de acordo com todas as normas. Aproveite esta dica, e acesse agora mesmo o site para conferir todos os modelos de currículos.
Siga alguns modelos de currículos 2015 para baixar e preencher. Boa Sorte.
Se tiver alguma dúvida sobre como fazer um currículo de sucesso e que seja lido e analisado por um profissional qualificado, basta deixar um comentário e teremos o enorme prazer em auxiliar você a fazer um currículo matador que chame a atenção dos recrutadores de recursos humanos. Bom, até lá aproveite os modelos de currículos prontos que colocamos no link acima e boa sorte em sua entrevista de emprego.
Existem na internet vários sites que disponibilizam dicas de currículos prontos para preencher. Um destes sites é o http://www.meucurriculum.com/modelos-de-curriculum.php
Termos:
  • Modelos de currículo 2015 prontos
  • currículo vitae pronto 2015
  • modelos de currículos prontos para imprimir
  • modelos currículos vitae 2015 prontos
  • imprimir modelos de currículos grátis
  • currículos prontos 2015 para imprimir

Vagas de Emprego São Paulo 2014: Aproveite 7,2 mil vagas abertas

Olá se você mora em São Paulo aproveite agora mesmo as mais de 7 mil vagas de empregos abertas em toda a capital e interior paulista…o Pessoal do G1 listou mais de 7.234 vagas de empregos SP 2014.  Confira e saiba mais no Resumo Dicas…

Vagas de Emprego em São Paulo 2014

Um subtotal de 6.363 vagas se destina a candidatos que tenham fácil acesso ou residam perto do local de trabalho, uma preferência dos empregadores – veja na tabela abaixo a relação de todos os cargos por áreas (operacional, administrativa e técnica), os requisitos exigidos e os salários mínimos e máximos em cada função.

Veja o Mapa abaixo as vagas de Emprego Disponíveis por Região….

Na Grande São Paulo, são 636 chances para candidatos das cidades de Guarulhos,Osasco e do ABC.

Não há prazo para inscrição. A seleção é feita até o preenchimento das vagas. Por isso, é recomendado que os candidatos compareçam às unidades do CST o quanto antes.

De acordo com o Centro de Solidariedade ao Trabalhador, as vagas da área administrativa são preenchidas mais rapidamente que as demais devido à grande procura.

Como se candidatar
Os interessados nas vagas do Centro de Solidariedade ao Trabalhador devem comparecer aos endereços abaixo com carteira profissional, RG, CPF, certificado de escolaridade e currículo. O horário de atendimento é das 7h às 16h, de segunda a sexta-feira.

Acesse: vagas de emprego SP

Termos:

  • Vagas de Emprego São Paulo 2014
  • Vagas emprego SP 2014
  • Vagas em São Paulo 2014

Curtiu? Então divulgue essa notícia para seus amigos clicando em “Recomendar ou Compartilhar no Facebook botão abaixo…..

CALENDÁRIO PIS PASEP 2017/2018 TABELA DO PIS CAIXA

Confira aqui o Calendário do PIS 2017/2018 – O PIS e o PASEP são benefícios pagos ao trabalhador cujo valor é sempre de 1 (um) salário minimo anual para todos aqueles cadastrados no programa do governo no Ano base 2016.

O trabalhador deve ter bastante atenção quanto ao calendário de pagamento do PIS 2017 a 2018.
Para receber o pagamento de um salário mínimo todo ano referente ao abono salarial do pis, o trabalhador precisa: estar devidamente cadastrado no PIS/ Pasep por cinco anos pelo menos; ter recebido média mensal de até dois salários mínimos; ter trabalhado durante 12 meses seguidos em 2015 de carteira assinada para poder ter direito ao pagamento integral do pis pasep 2017.
A data de recebimento do PIS 2017 é organizado pela data de nascimento do trabalhador em relação ao Ano base 2016.
Assim, o calendário do PIS 2017 de pagamento do abono é organizado numa tabela a partir dos nascidos no mês de julho, seguindo sequencialmente até o mês de junho, pagando cada mês em períodos diferentes.
  • Calendário do PIS 2017
  • Consultar o PIS pela internet

Calendário PIS 2017

Veja o calendário do PIS 2016-2017. O abono salarial do PIS 2016-2017 começa a ser pago no dia 13 de agosto para a retirada do valor (atualmente, R$ 865,50) e irá até 30 de junho de 2017 Ano base 2015.

 

Confira quem tem direito ao PIS/PASEP 2017.

Calendário do PIS 2017 -2018 Ano base 2016

*Clique na imagem para aumentar o tamanho

calendario-do-pis-2016-2017-tabela

  • Data de pagamento do PIS para quem tem conta na Caixa
  • Pagamento do PIS 2017 nascidos em Julho
  • Pagamento do PIS 2017 nascidos em Agosto
  • Pagamento do PIS 2017 nascidos em Setembro

Calendário do PASEP 2017-2018

*Clique na imagem para aumentar o tamanho
  • Tabela de pagamento PIS 2017/2018

Calendário do PIS 2017 a 2018

O calendário de pagamento do PIS 2016 chegou ao final, mas isto não quer dizer que você que não recebeu não vá mais receber, é bom lembrar que o valor do abono salarial do PIS estrá disponível até 30 de junho de 2017.
E em breve estaremos divulgando o calendário do PIS 2016 para você se preparar e fazer seus planos.
Leia mais –> Calendário do PIS 2016