QUEIMAÇÃO E ARDÊNCIA NAS COSTAS: O QUE SÃO, O QUE SIGNIFICAM E COMO TRATAR ESTES SINTOMAS?

Confira por que medicamentos não melhoram os sintomas.

A queimação quando acontece nas costas ou entre os ombros, especialmente quando matemos uma postura por muito tempo, pode significar duas coisas:

1. uma fadiga muscular, com acúmulo de “ácido lático” no músculo, que, por ser ácido, “arde”, dando a sensação da queimação.

2. uma dor originada nos ligamentos que pelo mesmo processo de acúmulo de toxinas, causando a sensação de ardência, muito comum na região entre as escápulas (homoplata ou paleta) e na região lombar, próximo aos glúteos.


Ok! Temos idéia do que é, mas entendamos por que acontecem estes sintomas de queimação e ardência.
Quando usamos demais ou de forma errada ou numa postura errada nossa musculatura, ou quando temos uma dificuldade por parte do músculo em movimentar articulações (quando estas apresentarem bloqueios de movimento), então teremos um excesso de atividade muscular e automaticamente uma dificuldade de entrada do sangue (que retira as toxinas (sujeiras)) o que vai gerar acúmulo de ácido lático. Ácido faz arder.

E COMO TRATAR A ARDÊNCIA E A QUEIMAÇÃO?

A Osteopatia (através do Osteopata) faz isso! A manipulação de articulações libera o movimento que consequentemente diminui o trabalho do músculo e retira o estresse sobre os ligamentos, melhorando a circulação, a retirada da “sujeira” dos mesmos, eliminando os sintomas.

E POR QUE MEDICAMENTOS NÃO MELHORAM OS SINTOMAS?

Porque existe uma dificuldade do sangue circular nestes músculos tensos, dificultando portanto a chegada do anti-inflamatório nessas regiões, o que iria aliviar a inflamação. Ainda, uma explicação seria porque a CAUSA da dor é mecânica, e não química (pra curar o processo com remédios). Portanto o tratamento tem que ser mecânico.

FONTE: Osteopatia Curitiba – Dr. Mauro Gemelli


Comentários